Economia estagnada é fruto de um presidente bagunceiro que não trabalha a favor do Brasil

A piora acentuada do cenário econômico nacional tem seus alicerces construído sobre um mandato presidencial pautado por bobagens, diversionismo e conflitos institucionais.

“Fechar o Supremo”, “Intervenção Militar” e fake news são factoides que atrapalham a economia minando a confiança que o mercado tem na capacidade do Brasil prover um ambiente favorável aos negócios.

Ninguém investe em um país que flerta todos os dias com uma ruptura constitucional.

É preciso segurança jurídica, ambiente favorável aos negócios e, principalmente, previsibilidade para encorajar investimentos no Brasil.

Nenhum desses três fatores, infelizmente, são fornecidos pelo atual Presidente da República.

O Brasil sofre com a incompetência de quem nunca afirmou ser competente para governar um país, fugiu ao debates, não apresentou qualquer projeto e, mesmo assim, foi eleito pela maioria para governar o Brasil.

O Brasil sofre com consequência natural do voto direto: a certeza de que sempre seremos governados pelo melhor animador de torcida, independentemente da sua capacidade real de administrar um país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.