Presidente da Câmara Municipal de Nova Prata do Iguaçu ameaçado de prisão por não fornecer informações ao Ministério Público

O clima esquentou entre o presidente da Câmara Municipal de Nova Prata do Iguacu e o Ministério Público.

Após fazer corpo-mole e não atender a um pedido de informações, um novo ofício foi recebido pelo Presidente da Câmara dos Vereadores. Na segunda vez, o entanto, com uma menção explícita à pena de prisão pelo não envio das informações solicitadas pelo Ministério Público.

O inquérito instaurado visa apurar possível ato de improbidade administrativa praticado em tese pelo prefeito Sérgio Faust (PL). Sérgio foi eleito prefeito de Nova Prata do Iguaçu em eleições suplementares conduzidas em junho de 2021, após exercer o mandato de forma interina devido ao indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito nas eleições de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.